Rádio Reino Vivo
Publicidade
Publicidade
Tobias Barreto/SE
Min.
Máx.
Honduras cumpre promessa e reconhece Jerusalém como capital de Israel
02/09/2019

O presidente de Honduras viaja nesta sexta-feira (30) a Israel para a abertura de uma "representação diplomática" em Jerusalém, reconhecendo a cidade como a capital do Estado hebraico.

"Para mim, este é o reconhecimento de Jerusalém como capital do Estado de Israel", disse Juan Orlando Hernández, apresentando esta "representação diplomática" como uma "extensão" da embaixada hondurenha atualmente localizada em Tel Aviv.

Honduras seguem países como os EUA e Guatemala que fizeram isso antes. A República de Nauru, uma ilha no Pacífico, também tomou a mesma decisão.

O Ministério das Relações Exteriores de Israel está satisfeito com as decisões e as chamou de “decisões importantes”.

Num comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Honduras indica-se que Israel já tinha proposto a transferência da embaixada para Jerusalém, o que está sendo avaliado no contexto nacional e internacional.

Promessa de campanha do Presidente norte-americano, Donald Trump, a transferência da embaixada dos EUA de Tel Aviv para Jerusalém, em maio de 2018, saudada como histórica por Israel.

Brasil

O Brasil ainda não reconhece oficialmente Jerusalém como a capital de Israel.

No ano passado, o presidente Jair Bolsonaro anunciou sua intenção de transferir a embaixada do Brasil, de Tel Aviv para Jerusalém. O reconhecimento de Jerusalém como capital israelense é uma promessa de campanha aos seus eleitores.

O presidente Jair Bolsonaro escreveu no final de 2018 em seu Twitter: “Israel é um Estado soberano e nós o respeitamos”, reiterando seu compromisso de campanha de transferir a embaixada para Jerusalém; sendo esta, a vontade do próprio país.

Em março deste ano, foi dado o primeiro passo, quando o Brasil abriu um escritório de representação comercial na capital Jerusalém.

“O Brasil decidiu criar um escritório em Jerusalém para promover comércio, investimento, tecnologia e inovação como parte de sua embaixada em Israel”, disse o Ministério das Relações Exteriores em Brasília em um comunicado.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, comentou a decisão do Brasil na época.

“Espero, e gostaria de acreditar, que este [escritório] é o primeiro passo para a abertura da embaixada brasileira em Jerusalém, quando chegar a hora”, disse Netanyahu a repórteres.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro disse que demorou meses para que Trump transferisse a embaixada dos EUA.

“Estamos no caminho certo”, disse Eduardo no Twitter, após a decisão da abertura do escritório do Brasil em Jerusalém.

Fonte: Guiame
21:00 as 21:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua João Avila Araujo Filho, n° 415 - Tobias Barreto/SE
Ligue agora
(79) 9958-3776
Horário de atendimento
07:00 AS 23:00 HS