Rádio Reino Vivo
Publicidade
Publicidade
Tobias Barreto/SE
Min.
Máx.
Mensagens contra aborto são exibidas em painel gigante em Nova York
14/04/2019

A associação estudantil pró-vida Estudantes pela Vida da América (Students for Life of America, SFLA) está patrocinando um anúncio de vídeo gigante para esta semana na Times Square, em Manhattan, falando contra o “extremismo do aborto” em Nova York.

O Estado de Nova York tornou legal o aborto até o nascimento, algo que apenas sete outros estados tinham feito anteriormente. A lei atraiu a indignação dos grupos pró-vida em todo o país.

Para manifestar esse desagrado, a SFLA escolheu a cidade de Nova York para realizar seu evento de gala, que aconteceu na quarta-feira (10) e este ano foi intitulado “Chamado para trazer luz às trevas”.

O grupo então decidiu usar a Time Square para propagar em um painel gigante sua mensagem pró-vida.

“Quando perguntei aos nossos apoiadores se eles queriam enviar mensagens pró-vida na Times Square, a resposta foi ressoar SIM”, disse o presidente da SFLA, Kristan Hawkins, em um comunicado.

O anúncio aparece em vídeo com 15 segundos de duração em uma das telas gigantes, onde será visto pelo menos 720 vezes.

O anúncio apresenta três mulheres segurando cartazes de protesto pró-vida que incluem links para StudentsForLife.org.

“Eu não confio na Planned Parenthood”, diz uma placa. “Hoje, a Planned Parenthood vai acabar com a vida de 910 seres humanos”.

O segundo anúncio diz: “Eu rejeito o extremismo do aborto”.

“Apenas 7 por cento dos millennials apóiam o extremismo do aborto feito legal no estado de Nova York”, diz a mensagem.

O terceiro afirma: “A geração pró-vida chegou a votar contra o extremismo do aborto”.

De acordo com Kristan Hawkins, a SFLA teve que “lutar” para transmitir sua mensagem na Times Square, já que sua solicitação de publicidade foi rejeitada duas vezes por outras empresas.

“Mas não desistimos dos campi universitários, mesmo quando enfrentamos ameaças de violência e Nova York”, afirmou a presidente da organização.

Kristan enfatizou que o aborto tardio e o infanticídio para bebês nascidos durante o aborto representam a “questão dos direitos humanos de nossos dias”.

Fonte: Guiame
PROGRAMA PALAVRA VIVA
12:30 as 14:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua João Avila Araujo Filho, n° 415 - Tobias Barreto/SE
Ligue agora
(79) 9958-3776
Horário de atendimento
07:00 AS 23:00 HS